If I were sorry - Frans

If I were sorry - Frans

If I were sorry - Frans


Eu rastejaria no deserto com as minhas mãos e joelhos
A ensaiar o meu lindo pedido de perdão
Escalo a montanha mais alta
Se eu estivesse arrependido

Gritava a partir do topo
Nadava debaixo de água até que os meus pulmões explodissem
Caminhava para o fogo
Se eu estivesse arrependido

Eu correria mil milhas
Não iria parar até cair
Não iria fazer uma pausa para respirar até chegar perto
O suficiente

Então eu faria tudo de novo
Se eu realmente tivesse a oportunidade
Mas eu sei dentro de mim que para ti é apenas mais uma
Dança

Se eu estivesse arrependido
Eu daria-te toda a glória
Se eu estivesse arrependido

Se eu estivesse arrependido
Seria uma história diferente

Se eu estivesse arrependido
Se eu estivesse arrependido oh

Eu aguentaria a minha respiração até que o meu rosto fique azul
Eu roubaria um banco e os correios também
Nadava no oceano
Se eu estivesse arrependido

Eu faria um voto de silêncio
Eu não diria uma única palavra
Até ouvires realmente
Se eu estivesse arrependido

Eu correria mil milhas
Não iria parar até cair
Não iria fazer uma pausa para respirar
Até chegar perto o suficiente



Se eu estivesse arrependido
Eu dar-te-ia toda a glória
Se eu estivesse arrependido


Se eu estivesse arrependido
Seria uma história diferente
Se eu estivesse arrependido oh

Agora alguma vez percebeste
Que o teu erro tinha um preço
Oh deitaste tudo a perder
Porque és o diabo disfarçado

Agora alguma vez irias perceber
As consequências das tuas mentiras
E salvarias a lágrima a cair ou agias como se
Não houvesse nada lá

Se eu estivesse arrependido
Se eu estivesse arrependido

Se eu estivesse arrependido
Se eu estivesse arrependido

Se eu estivesse arrependido
Eu faria um voto de silêncio

Eu não diria uma única palavra
Se eu estivesse arrependido

Se eu estivesse arrependido
Eu estaria com as minhas mãos e joelhos
A implorar muito
Se eu estivesse arrependido
Mas eu não me arrependo, não

******************************************************




Comentários